sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Bandeira branca, de Laércio Alves

(UM CARNAVAL DE MUITAS BRICADEIRAS E ALEGRIA, SÃO OS MEUS VOTOS)


Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Saudade, mal de amor, de amor
Saudade, dor que dói demais
Vem, meu amor
Bandeira branca eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.
Bandeira branca, amor
Não posso mais.
Pela saudade
Que me invade eu peço paz.

.