terça-feira, 6 de julho de 2010

Hora Grave, de Rainer Maria Rilke

(Tradução: Paulo Plínio Abreu)


Quem agora chora em algum lugar do mundo,
Sem razão chora no mundo,
Chora por mim.

Quem agora ri em algum lugar na noite,
Sem razão ri dentro da noite,
Ri-se de mim.

Quem agora caminha em algum lugar no mundo,
Sem razão caminha no mundo,
Vem a mim.

Quem agora morre em algum lugar no mundo,
Sem razão morre no mundo,
Olha para mim.


Rainer Maria Rilke (Praga, 4 de dezembro de 1875 — Valmont, Suíça, 29 de dezembro de 1926) foi um dos mais importantes poetas de língua alemã do século XX. Rilke fez seus estudos nas universidades de Praga, Munique e Berlim. Em 1894 fez sua primeira publicação, uma coleção de versos de amor, intitulados Vida e canções (Leben und Lieder), 1894.

.

Um comentário:

Leca disse...

Adoro...
Rilke...
mas...
confesso...dele só li..
"Cartas a um Jovem Poeta"
e amei...
releio
sempre...
que posso...
Beijos
obrigada...
Leca